• Twitter
  • Facebook

© 2017 por 2º Tabelião - Todos os direitos reservados.

MODELO DE PROCURAÇÃO.

Rafael Geremias Oliva
Escrevente do 2º Tabelião de Notas e de Protesto
São João da Boa Vista – SP

rafaeloliva84@gmail.com

P  R  O  C  U  R  A  Ç  à O  -  BASTANTE QUE FAZ:

...................................................., NA FORMA ABAIXO.

 

 

      Aos .... dias do mês de outubro do ano de dois mil e dezessete, (.../10/2017), em São João da Boa Vista, Estado de São Paulo, neste 2º Tabelião de Notas e de Protesto de Letras e Títulos, instalado na Rua São João, nº 221, sala nº 02, Centro, perante mim Escrevente Autorizado e o Tabelião que a esta subscreve, compareceu como outorgante, ........................................, (nacionalidade, estado civil, profissão), portador da cédula de identidade – RG/SSP/SP. nº ........................... e inscrito no CPF/MF. nº ..........................., residente e domiciliado nesta cidade, na Rua ........................................; reconhecido por mim e pelo Tabelião, através da documentação apresentada, do que dou fé. Pelo outorgante, me foi dito que por este público instrumento e na melhor forma de direito, nomeia e constitui seu bastante procurador, para onde com esta se apresentar e necessário for, ............................................., (nacionalidade, estado civil, profissão), portador da cédula de identidade – RG/SSP/SP. nº .......................... e inscrito no CPF/MF. nº ........................, residente e domiciliado nesta cidade, na Rua ..........................................., ao qual delega os seguintes poderes, a saber: PRIMEIRO: Amplos, gerais e ilimitados para reger, gerir e administrar todos os bens móveis e imóveis, negócios, direitos e haveres dele outorgante, em todo território nacional, representando-o em todos os atos, contratos e transações que por natureza dependam de sua presença pessoal, outorga, assistência e anuência. Podendo para tanto referido procurador, assinar contratos de locação, de rescisão de aditamentos ou quaisquer outros, prestar fiança ou avalizar quaisquer contratos, sob qualquer nomenclatura ou rubrica, com as cláusulas e condições que convencionar, receber aluguéis, passar recibos e dar quitações, preencher formulários, fornecer dados do outorgante, admitir e demitir empregados, assinar carteiras de trabalho, atestados e quaisquer outros documentos necessários; representando-o ativa, passiva, judicial e extrajudicialmente, em todos os atos, contratos e instrumentos que demandem a sua presença, outorga, anuência e assinatura, inclusive perante quaisquer repartições públicas ou privadas em geral, jurídicas ou naturais, tais como as Federais, Estaduais, Municipais, Autarquias, Empresas de Economia Mista, Agentes Públicos, Vigilância Sanitária, Secretaria da Receita Federal, Posto de Fiscalização Estadual, Prefeitura Municipal, INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), Departamento do Trabalho, Vara do Trabalho, Cartórios de Registro de Imóveis e Registro Civil, Tabelionato de Notas, Cartórios de Protesto, Departamentos Jurídicos em geral, Imobiliárias, Administradoras, Companhias de Fornecimento de Água e Esgoto, Companhias de Fornecimento de Energia Elétrica e Companhias Telefônicas bem como suas sucessoras e demais repartições necessárias para garantir direitos, nelas requerendo, promovendo, alegando, reclamando e assinando o que for de interesse do outorgante. Podendo ainda referido procurador apresentar e assinar quaisquer papéis e documentos, cobrar, pagar e receber tudo de direito do outorgante de principal, juros, dividendos, aluguéis e outras procedências, promovendo, autorizando, examinando, requerendo, declarando, registrando, averbando, cancelando, juntando e retirando papéis e documentos, passando recibos e dando quitações, pagando, liquidando, parcelando, cobrando, acordando e recebendo dívidas, débitos fiscais, taxas, contribuições, tarifas, estornos e demais débitos ou créditos sob qualquer nomenclatura, celebrar, distratar, rescindir, alterar, modificar, renovar, prorrogar, transferir, retificar e ratificar contratos, termos, documentos e outros de quaisquer espécies; SEGUNDO: Contratar advogados com os poderes contidos na cláusula “AD JUDICIA” e “ET EXTRA”, em qualquer Juízo, Instância, ou Tribunal, podendo propor contra quem de direito as ações competentes e defendê-lo nas contrárias, seguindo umas e outras, até final decisão, usando dos recursos legais e acompanhando-os, apresentar e assinar papéis e documentos, fazer e assinar requerimentos, declarações e petições de estilo, produzir todas as provas em direito admitidas, arrolar testemunhas, confessar, desistir, transigir, firmar compromissos ou acordos, recorrer de despachos e sentenças as instâncias superiores, representá-lo em quaisquer audiências, requerer alvarás de quaisquer espécies, receber dinheiro, passar recibos e dar quitações, receber citações, intimações e notificações, recolher taxas e emolumentos; TERCEIRO: Representá-lo em quaisquer estabelecimentos de crédito bancário e cooperativas de crédito, inclusive perante o BANCO DO BRASIL S/A., CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, BANCO ITAÚ UNIBANCO S/A., BANCO BRADESCO S/A., BANCO SANTANDER S/A., BANCO MERCANTIL DO BRASIL S/A., CREDIVISTA - COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA, COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL DA REGIÃO DA MOGIANA - CREDISAN, COOPERATIVA DE CRÉDITO E INVESTIMENTO DE LIVRE ADMISSÃO UNIÃO PARANÁ/SÃO PAULO (SICREDI UNIÃO PR/SP) e COOPERATIVA DE CRÉDITO MUTUO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE E DOS PEQUENOS EMPRESÁRIOS, MICROEMPRESÁRIOS E MICROEMPREENDEDORES DO CENTRO LESTE PAULISTA (SICREDI INTEGRADAS CENTRO LESTE PAULISTA SP), em suas matrizes ou filiais, com a finalidade de movimentar contas correntes, contas em cadernetas de poupanças e quaisquer outras contas sob qualquer nomenclatura ou rubrica. Podendo para tanto referido procurador, abrir, movimentar ou encerrar contas, apresentar, receber e assinar todos e quaisquer documentos, requerimentos, declarações e formulários; depositar ou retirar quaisquer quantias, passar recibos, dar quitação, requisitar extratos, saldos bancários e talonários de cheque; emitir, endossar, sustar, contra ordenar e baixar cheques ou quaisquer outros títulos de crédito, receber cheques devolvidos, autorizar débitos, transferências e pagamentos por qualquer meio; promover empréstimo pessoal e outros, receber ou remeter ordens de pagamento e documentos de crédito, inclusive do exterior ou para o exterior; requerer e receber cartão magnético de débito ou crédito; escolher, registrar, alterar e desbloquear senhas; promover aplicações e resgates; atualizar cadastros; movimentar contas utilizando cartão magnético; assinar, endossar, caucionar e descontar; e, QUARTO: Vender, ceder, transferir ou adquirir, comprar e receber, de quem de direito, pelo preço e condições que convencionar quaisquer veículos automotores. Podendo para tanto, referido procurador, apresentar, assinar, juntar, retirar e desentranhar papéis e documentos, inclusive o DUT (Documento Único de Transferência), fazer e assinar requerimentos e declarações, na qualidade de comprador/vendedor, com todas as cláusulas e condições que convencionar, firmando quaisquer títulos inerentes à aquisição/venda de veículos, recolher custas e demais emolumentos, representá-lo perante as repartições públicas e privadas em geral, em especial junto ao CIRETRAN, DETRAN, CONTRAN, Companhias Seguradoras, Inspetoria de Trânsito, Delegacias de Roubo e Furtos de veículo, Tabelionatos de Notas e onde mais se fizer necessário,e privadasal.o territ assinando, promovendo, declarando, requerendo, reclamando, alegando e acompanhando tudo que for de interesse da outorgante, que por natureza dependam de sua presença pessoal, pagando taxas, guias, emolumentos e prestando declarações. Em cumprimento ao provimento CG. Nº 13/2012 da Corregedoria Geral de justiça do Estado de São Paulo, foi procedida, nesta data, a consulta à base de dados da Central de Indisponibilidade de bens, em nome do outorgante, no endereço eletrônico www.indisponibilidade.org.br, cujo resultado da consulta foi NEGATIVO PARA INDISPONIBILIDADE, tendo sido gerado o código de consulta (hash) de nº .......................................... O outorgante declara, voluntariamente, sob as penas da lei, que as informações lançadas condizem com a realidade, respondendo, civil e criminalmente, por sua veracidade. Tudo em obediência ao art. 299, caput, do Código Penal. O outorgante foi informado quanto à presunção de veracidade da presente procuração pública.  ASSIM o disse e me pediu que lhe lavrasse este público instrumento, o qual feito lhe foi lido em voz alta na presença do outorgante, e que por achar em tudo conforme, a outorgou, aceitou como está redigido e assina, dou que dou fé. Eu,_______________, (Bel. Rafael Geremias Oliva), Escrevente Autorizado, a lavrei e digitei. Eu,_________________________, (Bel. ...), Tabelião, a subscrevi.

 

 

 

“Assinatura do outorgante”